quinta-feira, 18 de junho de 2009

ANÁLISE DE UMA BOA POSTURA CORPORAL

Definições de Postura

“Postura é uma composto das posições das diferentes articulações do corpo num dado momento. A postura correta é a posição na qual um mínimo de estresse é aplicado em cada articulação” (Magee, 2002).

“A postura correta consiste no alinhamento do corpo com eficiências fisiológicas e biomecânicas máximas, o que minimiza os estresses e as sobrecargas sofridas ao sistema de apoio pelos efeitos da gravidade” (Palmer & Apler, 2000).


Com esses breves conceitos de como deve ser a postura correta sendo que estudos comprovam que quase a totalidade dos problemas posturais origina-se na infância, principalmente os relacionados com a coluna vertebral, causados muitas vezes por traumatismo, fatores emocionais, sócios-culturais e de ordem hereditária que afetam e muito a vida adulta.
Pais, professores devem estar sempre atentos a desvios porturais apresentados por seus filhos/alunos onde permitirá que o sujeito seja capaz de proteger ativamente seus segmentos móveis de lesões dentro das condições de vida corrente e profissional, seja no plano estático ou dinâmico.
Avanços tecnológicos estão desencadeando o surgimento dos processos de mecanização e urbanização para melhoria da qualidade de vida, mas em contrapartida, o homem tornou-se cada vez mais sedentário, assumindo atitudes posturais que sobrecarregam suas estruturas músculo-esquelético.
Como sabe-se, a postura do adulto está ligada aos estímulos e experiências aos quais foi exposto durante seu desenvolvimento neupsicomotor, onde podemos afirmar que a incidência de problemas posturais em crianças e adolescentes vem crescendo acentualmente nos últimos anos, ocasionando sérios problemas na vida adulta.

Postura Padrão

A “Postura Padrão” refere-se a uma postura “ideal” ao invés de uma postura média.
O alinhamento esquelético ideal utilizado como padrão consiste com princípios científicos válidos, envolve uma quantidade mínima de esforço e sobrecarga, e conduz à eficiência máxima do corpo.
Como podemos ver na figura abaixo:


Tendo em vista que uma boa postura corporal decorre da manutenção de três curvaturas normais da espinha. As curvas do pescoço (cervical), torácica (meio da costas) e lombar (parte inferior das costas) devem ser alinhadas e equilibradas.
Na maioria dos casos a má postura corporal é uma combinação de vários fatores, podendo ser causada por fatores ambientais ou maus hábitos.
Com isso sabendo dessas definições, onde a postura é a forma com que o corpo mantém ao lutar contra a gravidade opondo-se às forças externas para manter equilíbrio, nesse caso qualquer alteração da postura pode causar implicações como hiperlordose lombar e cervical, hipercifose torácica e escoliose.

Hiperlordose lombar - é favorecida pela inclinação da pelve enquanto a hiperlordose cervical desgasta as vértebras e normalmente associa-se à hipercifose torácica.

Hipercifose Torácica - ocorre quando há uma deformidade na coluna vertebral conhecida como postura de corcunda. Favorece o desgaste vertebral, o bico-de-papagaio e as funções pulmonares ficam comprometidos.

Escoliose - é a curvatura lateral da coluna vertebral associada a rotação das vértebras com desvios bem tolerados e assintomáticos. Há também casos graves onde ocorre o comprometimento da região cardiopulmonar.

Análise da Postura

Envolve a identificação e a localização dos segmentos corpóreos relativos a linha de gravidade, deve determinar se um segmento corporal ou articulação desvia-se de um alinhamento postural ideal conforme os tipos corporais ectomórfico, mesomórfico e endomórfico.

Ectomórfico – Apresenta predomínio das formas lineares e frágeis. Mostra maior superfície em relação à massa corporal. Compreende aos tecidos derivados da camada ectodérmica (epiderme e seus anexos, encéfalo e medula espinhal).

Mesomórfico - Indica o predomínio dos tecidos derivados do mesoderma (ossos, músculos e tecido conjuntivo). Apresenta maior densidade e desenvolvimento músculo-esquelético.

Endomórfico - Derivada do endoderma (tubo digestivo e sistemas auxiliares). Indica a predminância do sistema vegetativo e tendência à obesidade. Apresenta baixa densidade, massa flácida e formas arredondadas.

Alinhamento Ideal / Vista Lateral


Alinhamento Ideal Vista Posterior

Desenvolvimento Postural Normal

Toda criança além de crescer, ou seja, ganhar peso e altura, necessita adquirir habilidades físicas e motoras. Onde é muito importante observar permanentemente o desenvolvimento postural da mesma. A falta de estímulos adequados, doenças, deficiências físicas, desnutrição, obesidade e o próprio meio ambiente, podem interferir de maneira negativa no desenvolvimento físico e postural, como podemos ver na foto abaixo o desenvolvimento postural normal de uma criança até a adolescência.


Atenção

Uma criança as vezes "quietinha" e que não dá trabalho, pode ser sinal de que alguma coisa não vai bem com o seu desenvolvimento físico. Observe o jeito dela andar, comer e sentar. Crianças que caem com freqüência, que reclamam de dores nas pemas, nas costas e cansaço precisam ser avaliadas e orientadas. Na adolescência, quando o corpo cresce e se modifica rapidamente, os vícios de postura são muito comuns, (ombros caídos, coluna torta, pés planos), e precisam ser avaliados para que não se transformem em problemas sérios de saúde na idade adulta.
Portanto, além da vigilância, é necessário oferecer à criança e ao adolescente estímulos e condições apropriados para um bom desenvolvimento físico e uma boa postura. É importante brincar, praticar esportes e ter contato com a natureza. Tudo isso são essenciais para se ter um corpo e mente saudáveis.

Alterações Posturais Conforme a Idade

A arquitetura óssea que compõe e sustenta o corpo humano sofre uma considerável alteração, no que diz respeito à densidade mineral óssea e a microarquitetura óssea durante o envelhecimento.
Segundo Guccione (2002), a perda óssea em homens acontece em uma taxa de cerca de 0,4% por ano, iniciando-se aos 50 anos de idade e não se torna caracteristicamente problemática até que o homem esteja na faixa dos 80 anos.
Novamente Guccione (2002), em homens e mulheres entre 60 e 80 anos, a taxa média de diminuição na altura é de cerca de 2cm por década, podendo atingir até 12 cm nos casos mais extremos de perda óssea.
“É fundamenta observar que as alterações posturais ocorrem com o envelhecimento e que suas características são incomparáveis para cada indivíduo” (KAUFFMAN, 2001, p.57)


Principais Causas de uma Postura Incorreta

Traumatismo, Patologias que limitam a perda funcional da força muscular e a mobilidade, Hábitos de postura viciosa, Fraqueza muscular, Atitude Mental, Hereditariedade, Indumentária Inadequada.

Algumas dicas para uma boa Postura Corporal

Mantenha as três curvas naturais das costas, evite oscilação excessiva, evite estresse nas costas desnecessário ao manter uma peso saudável e músculos fortes com exercícios físicos regulares. levante objetos com a técnica apropriada, faça pausas ao ficar muito tempo sentado ou em pé.
Nos dias de hoje, com a sociedade estressante, é importante cuidar bem de si mesmo. A boa postura corporal não é somente uma forma de diminuir dor e melhorar os movimentos.

A boa postura faz a pessoa se sentir melhor e ter uma melhor qualidade de vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário